terça-feira, 30 de março de 2010

Hashizada da Meme - Páscoa e Pucca


Para quem vive em outro planeta e não conhece a Pucca, trata-se de uma série de animação produzida em Flash pelo estúdio sul coreano Vooz e levada ao ocidente em associação com a marca Jetix.
Pucca tem uma risadinha meiga apesar de ser hiper forte e muitíssimo apaixonada por Garu um ninja bem sério. Boa parte dos episódios nos deixa a dúvida se ele gosta mesmo dela porque está sempre fugindo de suas investidas amorosas. O pai e os tios de Pucca trabalham no restaurante Goh Rong e ela normalmente faz as entregas numa mobilete muito, muito rápida.

Bom, o que nos interessa é que Pucca se tornou um fenômeno comercial que vende horrores sob todos os formatos: brinquedos, cadernos, canecas, canetas, adesivos, agendas e o escambau. Eu mesma, não nego, gosto muito e compro sem titubear (-_-*). Segundo o hashizeiro Zardblend, por ter um design bem simples, tal qual Hello Kitty e Keropi, Pucca se torna muito agradável visualmente e fácil de memorizar. As cores também são um item que a torna mais atrativa. O vermelho nos remete apetite, também nos remete feminilidade e ao mesmo tempo paixão e romance. Daí temos uma febre comercial que chegou até na Páscoa. Sim, temos ovos de Páscoa da Pucca. Tudo muito bem feitinho, mas claro, o que vale mesmo é o brinde que vem. Temos a versão com canecão e claro, a versão 2010 que nos trouxe a este post.

(versão com canecão e versão 2010 - imagens retiradas de I Love Pucca)

Hashizadas entre chocolates

Foi numa inocente ida a uma loja de departamentos com teto forrado de ovos de chocolate (não mais com formato de ovo) que Tati (Tarako, leitora e crítica do CdH) e eu nos deparamos com vários ovos da Pucca. Felizes e contentes depois de passar por várias partes com ovos cilíndricos, amassados estrategicamente (como o do Batman que eu ainda não entendi o formato de Trakinas) e munidos de brinquedos, copos e canecas, finalmente víamos algo bem, bem esquisito; o squeeze da Pucca. A embalagem dizia que era um squeeze mas num primeiro momento achamos que era um pote, um vaso ou uma lancheira. Alguns segundos depois nos perguntamos onde estaria o maldito chocolate e foi aí que sentimos a protuberância no topo da cabeça do squeeze-pucca. Era um ovo pequeno e pesadinho... maciço.

(imagem da galeria de Aline Ribeiro) - O squeeze

"Que medo", acabei soltando sem querer e ouvi de volta: "sim...". Dois segundos se passaram até que de repente nossas cabeças refletiram em sintonia: "mas espera aí.... você imaginou como seria estranho eu parar na rua e dizer: 'peraí Tati, vou beber água' e de repente retirar de minha mochila um gigantesco squeeze em formato de Pucca?" "Olha, eu vou te dar um desses e vou te obrigar a usar em público" - Tati disse cortando meu devaneio. "Não, muito obrigada".


Esses foram acontecimentos reais, mas é claro que sabemos que por mais que aquilo seja um squeeze não foi lançado pra essa função real, até porquê o bocal é gigantesco e eu provavelmente morreria afogada tentando beber água. O caso é que não só as crianças adoram ( e com certeza têm o privilégio de usar isso em público), mas muitas que são fãs como eu, compram porque é realmente adorável (por mais estranho que seja) e atrai feito feitiço.

(Imagem retirada da galeria de Angelica) - percebam o tamanho do squeeze ali atrás

Os usos do squeeze, pelo que li por aí, variam de potes de bala à vaso ou simples enfeites de mesa, mas o importante é que para quem gosta, alguma utilidade tem e claro que se eu tivesse sido guiada por aquele espírito ardiloso do consumismo que sobrevive dentro de mim, eu também teria comprado. E olha que nem citei os brinquedos do Mc Lanche Feliz que trazem desta vez Naruto e Pucca. Ai ai... aonde é que eu vou parar? Só hashizando mesmo, pra não chorar.

Nenhum comentário: