quinta-feira, 24 de janeiro de 2008

Okami

Lembro quando uma pessoa um dia comprava jogos para videogame e me pediu ajuda para indicar um jogo. Sem noção do que estava fazendo exatamente, eu apontei o primeiro jogo que me chamou mais a atençao: Okami. Não esqueceria dessa capa nunca...visualmente perfeita. Para minha surpresa vi que o jogo que eu havia apontado ao acaso é realmente visualmente perfeito em cada detalhe, aliás, peco em dizer apenas "visualmente", Okami é um dos melhores jogos que eu, hoje em dia, tenho conhecimento e apesar de não ser um lançamento (o jogo é de 2006) ainda assim é uma ótima dica para quem quer um jogo nada maçante e prazeroso de ver e acompanhar sem querer parar relacionado ao nosso universo hashizeiro (com 1 mês recentemente completo).

Okami é um jogo de aventura inspirado nas artes tradicionais e na mitologia japonesa produzido pela Capcom. O jogador entra no papel de Amaterasu, deusa do sol que surge sob a forma física de um lobo branco ("Okami", por sinal tem duas conotações: grande divindade ou lobo) que ajuda o herói Nagi a matar um dragão de oito cabeças e restabelecer a paz pelo menos por 100 anos, quando os problemas ressurgem.
O jogo conta com o artifício de utilizar o traço do jogador para adquirir poderes o que funciona muito bem no controle analógico do ps2. Longo, porém incansável, Okami carrega um enredo cheio de detalhes e de um visual que prende a atençao até o fim como o ressurgir de cerejeiras que, dizem, têm poderes místicos e as várias lutas corpo a corpo com youkais.


Então aproveitem a dica. ^^
Mais informaçãoes:
Okami

Nenhum comentário: